Observatório Europeu da Droga e Toxicodependência lança uma versão adaptada COVID-19 do Inquérito Europeu sobre Drogas na Web para avaliar o impacto da pandemia

Informações importantes sobre o impacto da COVID-19 nas pessoas que usam drogas, e nos serviços que as apoiam, serão recolhidas por meio de uma versão adaptada do European Web Survey on Drugs, lançada esta semana. O inquérito — Mini European Web Survey on Drugs: COVID-19 — é coordenado pelo Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) em colaboração com a sua rede Reitox de pontos focais (observatórios) nacionais.

O novo inquérito, já disponível em 18 idiomas (1), reunirá informações sobre como os padrões de uso de drogas, acesso a serviços de saúde e o mercado de drogas podem ter mudado na Europa durante a pandemia. Por sua vez, isso irá alimentar um relatório mensal de tendências e um novo repositório de recursos sobre a COVID-19, lançado em Março no site da agência.

Os resultados desta investigação contribuirão para a base de conhecimento emergente da COVID-19 e a resposta Europeia, potencialmente ajudando a proteger a saúde das pessoas que usam drogas, melhorar os serviços de drogas e aumentar o conhecimento sobre possíveis mudanças do mercado de drogas.

Testado pela primeira vez como um projeto em 2016 (2), o European Web Survey on Drugs é um dos métodos de monitorização de "ponta" do Observatório, projetado para melhorar a compreensão dos padrões de uso de drogas a nível europeu (ver Figura). O objetivo do projeto é testar uma ferramenta de pesquisa na web que possa recolher informações de maneira rápida e barata sobre tópicos atualmente não cobertos por outros métodos tradicionais de recolha de dados.

Destinado a pessoas com mais de 18 anos que usaram (ou usem) drogas, o novo questionário está estruturado em módulos sobre: socio-demografia; status COVID-19; padrões de uso de drogas (últimos 30 dias, último ano); acesso a serviços e atividade no mercado de drogas (por exemplo, mudanças na maneira como drogas ilícitas foram obtidas durante a COVID-19).

A participação no inquérito é voluntária e anónima e está a ser promovida a nível nacional pelos pontos focais da rede Reitox, apoiados por outros parceiros nacionais. Um foco especial é dado à promoção da pesquisa por meio de anúncios direcionados nas redes sociais.

Embora os inquéritos na web não sejam representativos da população em geral, quando conduzidas com cuidado e combinados com os métodos tradicionais de recolha de dados, podem ajudar a criar uma imagem mais abrangente e realista do uso e dos mercados de drogas na Europa. Como tal, são um ingrediente essencial na capacidade de resposta do Observatório à problemática das drogas em constante mudança.

Graphic showing EMCDDA's innovative data collection methods, highlighting web surveys  

O Mini European Web Survey on Drugs: COVID-19 pode ser acedido aqui: https://ec.europa.eu/eusurvey/runner/Mini-EWSD-COVID-19


News by year

Media support

To schedule interviews, obtain informed comment, request written contributions or receive the latest news on the agency, please contact our media relations sector:

Kathy Robertson
Head of sector
Media relations and marketing
Tel: (351) 211 21 02 00/32
Fax: (351) 211 21 03 80

Loading